QUEM LÊ FICA SABENDO.

January 11, 2017

Casal é encontrado morto dentro de casa em Porto Alegre

Um casal foi achado morto dentro de casa, em Porto Alegre, no fim da noite de terça-feira (10). A Polícia Civil suspeita que Gustavo de Oliveira Pereira, 26 anos, estrangulou Amanda Moranez e depois se matou com uma faca. Os dois estariam em meio a um processo de fim de relacionamento, mas Gustavo não aceitava a separação. 
(Foto: Reprodução/Facebook)
"Segundo familiares presentes no local, eles tinham um relacionamento amoroso mas estavam em crise. A Amanda não queria mais. No domingo (9), fizeram uma confraternização com churrasco na casa dela e ele permaneceu no local para passar a noite", disse ao G1 RS o delegado Paulo Grillo, do Departamento de Homicídios.
Amanda morava nos fundos da casa da mãe. Quando, na noite de terça, a mãe foi até lá para chamar a filha para a janta, encontrou os corpos. A suspeita é que os dois tenham morrido ainda no domingo. "Ela (mãe) estranhou que desde domingo não tinha visto os dois. O Gustavo residia com o pai, que disse que o filho apresentava sintomas de depressão há algum tempo", explica o delegado. 
Uma amiga de Amanda relata que Gustavo não queria terminar o namoro. "Ela sempre foi cheia de vida, sempre com um sorriso estampado. E o Gustavo, dava pra ver que ele tinha muito ciúmes dela.Tinha algumas atitudes estranhas às vezes, mas nunca imaginei que pudesse chegar a esse ponto. Ele era muito ciumento, não aceitava ficar longe dela. Não aceitava quando ela queria um tempo, não dava espaço pra ela", diz Bruna Carvalho, lamentando a morte.(Correio)
Compartilhar:
← Newer Post Older Post → Home

PUBLICIDADE

Publicidade

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE



PUBLICIDADE


Seguidores

Matéria do dia.

TCU paralisa reforma agrária no País após identificar 578 mil beneficiários irregulares

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a paralisação imediata do programa de reforma agrária do Incra em todo o País. A medida caut...

Contato Rápido

Contato Rápido

Mais Postagem

Total de visualizações