QUEM LÊ FICA SABENDO.

March 16, 2017

Fórum de Pediatria promove, nesta sexta (17), roda de conversa sobre sexualidade com adolescentes de projetos sociais

A programação do 19º Fórum da Academia Brasileira de Pediatria (ABP) abre espaço nesta sexta-feira (17) para uma abordagem esclarecedora sobre sexualidade, anticoncepção e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). O projeto que, leva o nome da ex-presidente da Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape), “Roda de Conversa Núbia Mendonça”, reunirá, no Hotel Bahia Othon Palace, pediatras, especialistas e adolescentes de dois projetos sociais desenvolvidos em Salvador.
Simultaneamente, o 19º Fórum da ABP promoverá uma Mesa Redonda sobre o tratamento, diagnóstico e as políticas federais para doenças raras no Brasil. A programação científica será concluída com uma conferência da escritora e historiadora Mary del Priore, com um panorama completo das condições de vida das crianças e adolescentes brasileiros desde o período colonial até os dias atuais.   
O 19º Fórum de Pediatria reúne mais de 900 participantes, entre estudantes e profissionais de diversas especialidades do país inteiro envolvidos nos cuidados com a criança e o adolescente. Promovido pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), tem apoio da Sobape.
Na manhã desta quinta-feira (16), as atividades foram iniciadas com a entrega do Prêmio Professor Nelson Barros para acadêmicos de Medicina e residentes de Pediatria. Os autores das monografias inéditas sobre temas relacionados à Pediatria receberam prêmios entre R$3.000 e R$600.
“Esta é uma grande contribuição para ampliar os conhecimentos de como a sociedade civil e a sociedade científica tratam as questões que atingem crianças e adolescentes no nosso país”, disse a presidente da Sobape, a pediatra Dolores Fernandez, destacando que, além de tratar as doenças, é necessário ações para preveni-las e essa troca de experiências entre profissionais é fundamental, inclusive na elaboração de políticas públicas.
A presidente da SBP, professora Luciana Silva, reforçou a importância do fórum para discutir, refletir e pensar soluções para problemas que acometem crianças e adolescentes. Ela ressaltou que, “ao completar 20 anos, a Academia Brasileira de Pediatria presta uma justa homenagem ao seu primeiro presidente, o professor baiano Nelson Barros”, que faleceu em março de 2015, quando completaria 86 anos.
“O estabelecimento de uma sociedade justa depende das relações que temos com nossas crianças e adolescentes, que são o futuro da humanidade”, disse o presidente da ABP, José Martins Filho.
A mesa de abertura do fórum foi precedida da apresentação do coral dos alunos do Instituto Social da Bahia (Isba), regidos pelo maestro Cícero Alves, e contou com a participação da neta do professor Nelson Barros, Carolina Barros Saraiva, além do coordenador da Comissão Central do Fórum, José Dias Rego, e da chefe do Departamento de Pediatria da Universidade Federal da Bahia, Tereza Robazzi.

Microcefalia
Entre outros assuntos discutidos no fórum nesta quinta-feira, uma mesa-redonda tratou do impacto do saneamento na incidência das arboviroses, do futuro das crianças com microcefalia e da divisão de responsabilidade entre Estado e sociedade civil no tratamento e prevenção.
A pediatra Emília Embiruçu (BA) chamou a atenção para o aumento no número de casos de microcefalia nos últimos anos, embora esse sinal clínico já ocorra há bastante tempo. Segundo a pediatra, “levando-se em conta os dados acumulados entre 2015 e 2016, em 2017 foram confirmados 2.205 de microcefalia com alteração do desenvolvimento associado à infecção congênita, além de outros 2.829 em investigação”.
A palestrante falou como as ações em saneamento podem ajudar na prevenção, estratégias de combate, o desenvolvimento de estudos para vacinas e sobre como é possível fazer a prevenção coletiva e individual (por parte das grávidas).

PROGRAMAÇÃO

Além da microcefalia, outros temas fizeram parte das discussões do primeiro dia de atividades, como crianças desaparecidas, tráfico de menores/adoção ilegal, o papel da mídia e consultório de rua. Ver programação de sexta:

17/03/2017 (sexta-feira) Auditório Itapoan
08:00 - 10:00
Mesa Redonda: IMPACTO DA MÍDIA
Coordenador: Reinaldo Meneses Martins (RJ)
Relator: Jefferson Pedro Piva (RS)
08:00 - 08:30 - Educação e aprendizado - Nelson Pretto (BA)
08:30 - 09:00 - Nas relações familiares - José Martins Filho (SP)
09:00 - 09:30 - Ciberbullying- Como lidar e evitar consequências - Sandra Plessim (BA)
09:30 - 09:50 - Debate
09:50 - 10:10
Coffee-Break
10:10 - 12:00
Mesa Redonda: CUIDADOS PALIATIVOS
Coordenador: Navantino Alves Filho (MG)
Relator: Álvaro de Lima Machado (ES)
10:10 - 10:40 - Princípios dos cuidados paliativos pediátricos - Lara Torreão (BA)
10:40 - 11:10 - Papel da equipe multidisciplinar no cuidado integral - Paula Azi (BA)
11:10 - 11:40 - Repercussões nas relações e estrutura familiar da criança em cuidados paliativos - Regina Carvalho (BA)
11:40 - 12:00 - Debate
12:00 - 14:00
Intervalo
14:00 - 15:50
Mesa Redonda: DOENÇAS RARAS
Coordenador: Magda Carneiro-Sampaio (SP)
Relator: Sheila Feitosa de Oliveira (RJ)
14:00 - 14:30 - Centros de referências em doenças raras no país - Juan Clinton Llerena Junior (RJ)
14:30 - 15:00 - Políticas federais para doenças raras no Brasil - Clarice Petramale (DF)
15:00 - 15:30 - Governo, Academia e Associações, juntos em prol dos Pacientes com Doenças Raras - Regina Próspero (SP)
15:30 - 15:50 - Debate
15:50 - 16:10
Coffee-Break
16:10 - 17:00
Conferência: A HISTÓRIA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE: DO BRASIL COLONIA AO BRASIL DA ATUALIDADE
Coordenadora: Luciana Rodrigues Silva (BA)
Relatora: Lícia Maria Oliveira Moreira (BA)
Conferencista: Mary Del Priori (RJ)
16:40-17:00 - Debate
17/03/2017 (sexta-feira) Auditório Pelourinho
14:00 - 16:00
"RODA DE CONVERSA NUBIA MENDONÇA"
Coordenador: Jayme Murahovschi (SP)
Relator: Themis Reverbel da Silveira (RS)
ADOLESCENCIA, ANTICONCEPÇÃO E DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS
Palestrantes: Isabel Carmem Freitas (BA), Márcia Messias (BA)
17:00
ENCERRAMENTO
Luciana Rodrigues Silva - Presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria
José Martins Filho - Presidente da Academia Brasileira de Pediatria
Compartilhar:
← Newer Post Older Post → Home

PUBLICIDADE

Publicidade

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE



PUBLICIDADE


Seguidores

Matéria do dia.

TCU paralisa reforma agrária no País após identificar 578 mil beneficiários irregulares

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a paralisação imediata do programa de reforma agrária do Incra em todo o País. A medida caut...

Contato Rápido

Contato Rápido

Mais Postagem

Total de visualizações