QUEM LÊ FICA SABENDO.

March 15, 2017

Políticas públicas para mulheres serão debatidas na Câmara

Na próxima sexta, dia 17 de março, o Dia Internacional da Mulher será comemorado pela Câmara Municipal em uma sessão solene realizada pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM). O evento, que acontecerá no Plenário Cosme de Farias, às 9h, terá como tema as Políticas Públicas para as Mulheres em Salvador. Na ocasião, serão discutidas as ações de combate à violência, participação das mulheres no mercado de trabalho e fortalecimento dos movimentos em defesa da igualdade.

De acordo com levantamento feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a cada 11 minutos uma mulher é estuprada no Brasil, ou seja, mais de cinco sofrem violência sexual por hora no país. Além disso, o Ministério da Saúde estima que, em 2016, 13 mulheres foram assassinadas por dia. Já os atendimentos do serviço 180 aumentaram 51,3% (passaram de 9.024 em 2015 para 1.133.345 no ano passado), sendo que a maior parte das vítimas registradas na central são mulheres negras (60,53%).

“A luta pela igualdade de gênero deve ser assumida por todos os segmentos da sociedade. Na Câmara, nos cabe avaliar as políticas públicas que estão sendo implementadas e buscar soluções. Esperamos que a sessão especial, além de homenagear o dia de luta das mulheres, traga essa contribuição na elaboração de políticas públicas para o município, sobretudo para o enfrentamento à violência e geração de emprego e renda para as mulheres”, ressalta Aladilce Souza (PCdoB), presidente da Comissão.

Além da violência, são as mulheres que mais sofrem os impactos da falta de emprego. Em Salvador, a taxa de desemprego feminina cresceu de 20,5% para 26,0% no ano passado, segundo dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Salvador (PED-RMS). Ainda de acordo com a pesquisa, 25 mil postos de trabalho para as mulheres foram reduzidos, sendo que as mais afetadas estão entre aquelas com nível de instrução menor ou igual ao médio incompleto.

Participarão da sessão a secretária de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, e a secretária municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, Taissa Gama; além de representantes dos movimentos de promoção dos direitos e empoderamento feminino.
Compartilhar:
← Newer Post Older Post → Home

PUBLICIDADE

Publicidade

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE



PUBLICIDADE


Seguidores

Matéria do dia.

TCU paralisa reforma agrária no País após identificar 578 mil beneficiários irregulares

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a paralisação imediata do programa de reforma agrária do Incra em todo o País. A medida caut...

Contato Rápido

Contato Rápido

Mais Postagem

Total de visualizações