QUEM LÊ FICA SABENDO.

June 30, 2017

Odebrecht apresenta sua política de conformidade a jornalistas baianos

Na próxima terça-feira (4/7), representantes do Grupo Odebrecht vão se reunir com jornalistas convidados, em sua sede em Salvador (BA), para apresentar os desafios de suas empresas no escopo do novo ambiente de compliance desenvolvido pela companhia. Durante o encontro, que ocupará o período da manhã, a Diretora de Conformidade da Odebrecht S.A., Olga Pontes, estará à disposição para um bate-papo com os profissionais de imprensa sobre temas relacionados os desafios das empresas no novo ambiente de compliance e a jornada de transformação do grupo Odebrecht.
Será também oportunidade para empresa e jornalistas se aprofundarem sobre o novo canal Linha de Ética, agora terceirizado e dedicado a receber relatos e denúncias de comportamentos não éticos e violações às políticas internas, regras e legislações.
O Linha de Ética pode ser acessado por funcionários e também por clientes, terceiros e público em geral. A denúncia pode ser feita por mensagem de voz e de texto, e o novo canal agrega o diferencial de os relatos poderem também ser feitos por telefone diretamente a um atendente. Uma equipe de analistas, treinados com técnicas de entrevistas, está disponível para recepcionar as informações e interagir com os relatores.
O novo Linha de Ética vai permitir ainda que o denunciante acompanhe anonimamente o andamento do assunto reportado por meio de um número de protocolo que receberá ao registrar seu relato. Essa funcionalidade também possibilita que a Odebrecht possa se comunicar de forma anônima com o denunciante, solicitando informações adicionais ou algum esclarecimento ao relato encaminhado.
Política de Conformidade
Baseada nas melhores práticas mundiais, a política de conformidade da Odebrecht tem o propósito de orientar o comportamento e as relações internas e externas dos integrantes do Grupo, independentemente do nível hierárquico. Trata-se de mais um marco na trajetória iniciada pela empresa em março de 2016, com a divulgação do “Compromisso com o Brasil”, no qual a Odebrecht se propôs a aperfeiçoar seu modelo de Governança e de Conformidade.
A Política foi construída internamente, começando com um seminário, em junho, no qual estavam presentes 170 líderes do grupo. Desse evento resultaram os dez princípios básicos do Compromisso Odebrecht para uma atuação Ética, Íntegra e Transparente, que já está em vigor em todas as empresas.
Desde meados de 2016, a Odebrecht vem desenvolvendo diferentes ações de aperfeiçoamento de seu modelo de Governança e de Conformidade. Entre elas, estão a ampliação do número de conselheiros independentes e a contratação, em todas as empresas do grupo, de CCOs (Chief Compliance Officers), que se reportam ao Comitê de Conformidade, com independência de atuação. Ao todo, são mais de 50 profissionais voltados especificamente à área de conformidade.
Externamente, desde fevereiro de 2017, a Odebrecht conta com a presença de monitores independentes, com livre acesso às empresas, que aferem o cumprimento dos compromissos assumidos pelo Grupo nos acordos de leniência assinados com o Ministério Público Federal do Brasil (MPF), com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) e com a Procuradoria-Geral da Suíça e autoridades da República Dominicana e Equador.
“Estamos certos de que, ao implementar essas medidas na prática, ao longo do tempo e de forma consistente, a sociedade como um todo poderá atestar a nossa evolução dentro dos princípios de ética, integridade e transparência”, reforça Olga Pontes.
Com informações da Odebrecht.
(Correio)
Compartilhar:
← Newer Post Older Post → Home

PUBLICIDADE

Publicidade

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE



PUBLICIDADE


Seguidores

Matéria do dia.

TCU paralisa reforma agrária no País após identificar 578 mil beneficiários irregulares

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a paralisação imediata do programa de reforma agrária do Incra em todo o País. A medida caut...

Contato Rápido

Contato Rápido

Mais Postagem

Total de visualizações