QUEM LÊ FICA SABENDO.

September 14, 2017

Neto tira cota do PMDB e “nome técnico” deve assumir a Codesal



Um funcionário de carreira deve ser o novo Diretor da Codesal (Defesa Civil de Salvador). Esmeraldo Tranquilino, 42 anos, é o nome mais cotado para assumir a pasta, deixada por Gustavo Ferraz, exonerado na semana passada após ser preso pela Polícia Federal. Foram encontradas as digitais do pemedebista nas malas com R$ 51 milhões apreendidas em um apartamento ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima. O ex-diretor Ferraz era apadrinhado de Geddel e cota do PMDB na gestão de Neto. 

O prefeito, no entanto, deve bater o martelo apenas nesta sexta-feira (15), porém, fontes ligadas ao BNews dão conta que está praticamente fechado a progressão do funcionário, passando a comandar a Defesa Civil. Com isso, Neto tiraria a “cota do PMDB”, partido que está em crise com a prisão de um dos seus principais caciques. Na gestão atual de Neto dois pemedebistas comandam pastas do 1º escalão: Fábio Mota (Urbanismo e Tranporte) e Almir Melo (Infraestrutura e Obras Públicas).  

Procurado pelo BNews, Tranquilino disse que não teve nenhuma conversa com o prefeito, mas confirmou que já há um movimento interno na pasta para ser comandada por um funcionário de carreira. “Meu nome tem sido especulado e bem quisto perante a um grupo dentro da Codesal. Tenho um conhecimento largo no órgão e seria um nome técnico, não tenho vinculação partidária”, disse. Ainda conforme Tranquilino, mesmo com Gustavo Ferraz no comando da pasta ele comandou algumas ações. “Algumas ações o próprio Ferraz me pedia para coordenar”, citou. 

Engenheiro Civil de formação e pós-graduado em engenharia de segurança, Esmeraldo é o atual sub coordenador de atendimento a emergência da Codesal e já trabalha no órgão há 15 anos. Ele já foi chefe do setor de engenharia e coordenou ações preventivas. Atualmente é responsável por eventuais acidentes graves e avaliação e aplicação das geomantas na cidade. A Defesa Civil é uma Diretoria Geral da Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (SECIS), comandada pelo secretário André Moreira Fraga. 

(BNews)
Compartilhar:
← Newer Post Older Post → Home

PUBLICIDADE

Publicidade

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE



PUBLICIDADE


Seguidores

Matéria do dia.

TCU paralisa reforma agrária no País após identificar 578 mil beneficiários irregulares

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a paralisação imediata do programa de reforma agrária do Incra em todo o País. A medida caut...

Contato Rápido

Contato Rápido

Mais Postagem

Total de visualizações