Após desistência de Barbosa, Ciro coloca aliança com PSB como 'prioridade zero'

    Com a saída da corrida presidencial do ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes, colocou a aliança com o PSB como "prioridade zero", informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews. De acordo com a publicação, o objetivo do candidato é conseguir uma aliança forte no campo da esquerda para só depois intensificar as tratativas com os partidos do chamado "centrão". Nesta semana, o presidente do PDT, Carlos Lupi, teve uma reunião com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, para avançar nas negociações.
    PDT e PSB estão construindo coligações em pelo menos uma dezena de estados. As dificuldades se concentram em São Paulo, Distrito Federal e Rio Grande do Sul. Ainda de acordo com a publicação, diante da aproximação, os partidos já estudam a possibilidade de o ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda, do PSB, ocupar a vaga de vice na chapa de Ciro.
    O nome é bem avaliado no PDT, já que Lacerda é empresário e próximo a Ciro. Os pedetistas querem uma aproximação com o setor produtivo e, por isso, querem um vice desse setor.
    Outro nome cogitado é do empresário Benjamin Steinbruch, que se filiou ao PP. Mas, antes da aproximação com o centro, o PDT quer unificar a esquerda em torno do nome de Ciro Gomes, enfraquecendo um eventual “plano B” do PT na disputa por uma vaga no segundo turno. (BN)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.