Beira-Mar vai passar mais um ano preso em Rondônia

    A Justiça decidiu manter o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, por mais em ano na penitenciária federal de Porto Velho (RO), de segurança máxima. A defesa do criminoso, que está fora do Rio desde 2006, havia solicitado retorno. A decisão acatou a um pedido do governo do Rio.
    As investigações apontam que Beira-Mar conseguia manter a chefia no tráfico mesmo preso. Na decisão, o juiz titular da Vara de Execuções Penais, Rafael Estrela, lembrou que o Rio está sob intervenção federal há três meses. O objetivo da medida é evitar que o traficante se articule com comparsas que estão em liberdade.
    *M1

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.