Gualberto e Zé Ronaldo são 'pegos' em aplicativo "Detector de Corrupção"

Dois pré-candidatos ao governo da Bahia não passaram pelo filtro do aplicativo "Detector de Corrupção". A ferramenta foi lançada pelo site Reclame Aqui e usa reconhecimento facial para identificar os políticos e fornecer informações completas sobre quais crimes foram praticados por eles. 
Dentre os aspirantes ao cargo de governador da Bahia, apenas três estão cadastrados no aplicativo. Os pré-candidatos José Ronaldo (DEM), ex-prefeito de Feira de Santana, e o deputado federal João Gualberto (PSDB) respondem a processos e foram "pegos" no detector.
Ronaldo, conforme mostra o aplicativo, é alvo de uma ação por contratar terceirizados para uma unidade de saúde de forma irregular. Gualberto, por sua vez, responde a um inquérito por suposto crime de lei de licitações.
O outro pré-candidato ao governo é o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT), que não possui processo relacionado no aplicativo.

Os pré-candidatos Marcos Mendes (Psol), João Santana (MDB), João Henrique (PRTB), Celia Sacramento (Rede), Marcos Mauricio (PSDC) e Valdir Santos (PV) não constam na ferramente.
Notícias relacionadas:
(BN)

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.