Cruz das Almas: audiência de taxista acusado de feminicídio é adiada pela terceira vez

A audiência que aconteceria na manhã de quarta-feira (30), no Fórum Tancredo de Almeida Neves, em Cruz das Almas, entre o juíz Renato Alves Pimenta, familiares e advogados do caso do assassinato da comerciante Maria Malena Silva, 43 anos, foi adiada pela terceira vez. A nova audiência foi agendada para o dia 11 de junho. 
O réu, o taxista Francisco Xavier Nascimento de Santana, mais conhecido como "Chico do Táxi", companheiro da vítima, segue preso no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.
O novo adiamento foi justificado, com anuência de portaria do Tribunal de Justiça, por problemas de locomoção provocados pela paralisação dos caminhoneiros. Com a greve, nem mesmo o réu estaria presente. 
O antigo advogado do taxista, Antônio Paulino do Nascimento Neto, foi substituído por dois juristas de Feira de Santana, que também alegaram dificuldades para chegar à comarca cruzalmense.
O CRIME - A vendedora de bolos foi assassinada a facadas na madrugada de 11 de fevereiro deste ano. Após praticar o feminicídio, o taxista fugiu e depois ameaçou se jogar da ponte de Pedra do Cavalo, na BR-101, entre Cachoeira e São Félix. Chico do Táxi se entregou após cerca de três horas negociação com equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar.
 

Notícias relacionadas:
Taxista acusado de matar esposa em Cruz das Almas passará por audiência em fórum
Acusado de matar esposa em Cruz das Almas tem data da audiência adiada
Cruz das Almas: audiência de taxista é adiada pela segunda vez e populares protestam    

Por: Reprodução/Cruz na Tela

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.