Mulher envolvida em transporte de lança-perfume ganhava R$ 1 mil por caixa, diz delegado

    29 de Junho de 2018 às 18:53 Por: Vagner Souza Por: Brenda Ferreira00comentários
    Três pessoas identificadas como Michele Santos Bittencourt, 23 anos, Leandro Pereira Magalhães, 34 anos, Daniele Godeiro de Souza Silva, 33 anos, foram presos, na tarde desta sexta-feira (29), no Aeroporto de Salvador. Com eles, foram encontradas duas malas contendo 358 frascos da droga lança-perfume e R$ 1.660 em espécie. 
    O delegado responsável pelo caso, Nilton Tormes, titular da 12ª Delegacia Territorial (Itapuã), apresentou os acusados na tarde desta sexta-feira (29) e relatou que Michele já tinha mandado de prisão em aberto, de 2016, por associação ao tráfico de drogas.  
    “Michele está acostumada fazer transporte de substância de entorpecente. Ela confessou que fazia isso para algumas facções e entregava em determinados locais, recebendo R$ 1 mil por quilo de droga ou por caixa de lança-perfume”, contou Tormes. 
    No momento do flagrante, Leandro e Daniele estavam comprando a passagem de volta de Michele para o Rio de Janeiro. 
    OUTROS ENVOLVIDOS
    Sobre Leandro Pereira Magalhães, conhecido como “Pirulito”, o delegado afirmou que ele já é uma pessoa conhecida, pois tem uma “experiência farta na questão do estelionato e já foi detido por policiais civis durante o carnaval”. 
    Já Daniele, se apresentou como empresária e disse desconhecer a circunstância, conforme Nilton Tormes. “Se apresentou como uma companheira recente de Leandro. Ela disse que, na verdade, ele não mencionou que estaria fazendo isso, que ela não sabia”. 
    Michele foi autuada por tráfico de drogas e teve o mandado de prisão, oriundo do Rio de Janeiro, cumprido. Leandro foi autuado, mais uma vez, por tráfico de drogas e, Daniele, por associação ao tráfico. Por: Brenda Ferreira

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.