Rui diz que também manterá equilíbrio de “vermelho e azul” nas suplências ao Senado

    Após anunciar o deputado Angelo Coronel (PSD) como pré-candidato ao Senado na chapa governista, o governador Rui Costa (PT) disse que também vai tentar manter o equilíbrio entre “vermelho [esquerda] e azul [centro]” na composição das suplências. Além do PSB, que terá prioridade, o PCdoB e o PR também disputam uma vaga, sobretudo a suplência de Jaques Wagner (PT).

    “Acho legítimo que todos os partidos pleiteiem um espaço, se não no dos quatro, pelo menos na suplência. Mas vamos também tentar manter na suplência o equilíbrio de vermelho e azul. É natural que todos os partidos queiram crescer. E quem se coloca nessa posição de liderança tem que ter um grau maior de tolerância com essa extrapolação de desejos”, disse o petista, na manhã desta terça-feira (26), após inauguração do Hospital Dia Roberto Santos.

    Na entrevista coletiva, Rui também disse que procurou manter o mesmo equilíbrio ao definir os candidatos principais da chapa, que, além dele próprio e de Wagner, representando a esquerda, têm João Leão (PP) e Angelo Coronel (PSD), representando o campo do centro.

    Matérias relacionadas:

    Rui confirma Coronel como candidato ao Senado
    Suplência ao Senado está entre PSB, PCdoB e PP
    “Ninguém olha quem está no banco de reserva”, diz Rui sobre suplência do Senado
    Após reunião, PSB não define futuro de Lídice da Mata e demonstra indignação com escolha de Coronel
    Após reunião sem acordo, PCdoB mantém expectativa de compor majoritária de Rui, diz Olívia
    Wagner diz que PSB tem razão em estar insatisfeito com Lídice fora da chapa
    'Eu tive que manter o equilíbrio da chapa', diz Rui ao justificar a exclusão de Lídice

      Por: Guilherme Reis

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.