Trio é preso suspeito de roubar gado na Bahia; polícia procura comparsas

Um grupo suspeito de roubar cabeças de gado em fazendas do município de Mucuri, no extremo sul do estado, foi desarticulado na manhã desta quarta-feira (13).
De acordo com a Polícia Militar, três integrantes da quadrilha, que é formada por, ao menos, sete bandidos, foram localizados na zona rural da cidade, no distrito de Taquarinha. Com eles, a PM conta que apreendeu oito vacas que tinham sido roubadas de uma fazenda.
Segundo a PM, a prisão dos suspeitos, que parecia estar relacionada a um roubo pontual, acabou revelando que o grupo já vinha agindo na região. Ao menos cinco fazendeiros contaram que também tiveram cabeças de gado roubadas por bandidos nos últimos meses.
A PM contou que o trio preso confessou o roubo de todas as fazendas e disse que cometeu os crimes a partir da encomenda de um grupo de ciganos, que teria, inclusive, cedido um carro para facilitar nos roubos.
Os supostos mandantes, segundo os suspeitos, compravam cada animal por valores que variavam entre R$ 300 e R$ 500. De acordo com a PM, os presos confessaram que roubaram, ao menos, 30 cabeças de gado.
Os presos foram identificados como Dalvan Ribeiro dos Santos, Hugo Santos Souza e Antônio Marcos Arcendino da Silva. Os suspeitos contaram que outros quatros integrantes da quadrilha fugiram, dois para o estado do Espírito Santo e dois para Minas Gerais. Eles ainda não foram identificados.
A polícia ainda busca informações sobre o suposto grupo de ciganos, apontado pelos suspeitos. Os três homens presos foram encaminhados para a Delegacia de Teixeira de Freitas, também no extremo sul do estado.  (G1)

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.