Dilma pode ter candidatura ao Senado impugnada

    No que depender dos tucanos de Minas Gerais, a candidatura da ex-presidente Dilma Rousseff ao Senado não deve sair do papel. O PSDB no Estado vai questionar na Justiça a legalidade da candidatura. O presidente da legenda, Domingos Sávio, afirma que a legislação sobre o impeachment é clara: além da perda do mandato, determina a perda dos direitos políticos.
    Para ele, o acordo feito no Senado no dia da cassação, que vetou essa parte da punição, não seria suficiente. O tucano está confiante que o próprio Ministério Público proporá a impugnação. Caso não o faça, o PSDB já se prepara para fazê-lo.
    De acordo com a coluna da Estadão, pelo menos um ministro do TSE e um do Supremo concordam com a avaliação de Domingos Sávio de que a “decisão do Senado não redime a petista da condenação”.
    Petistas rebatem. O deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) diz que a impugnação é a tentativa de dar outro golpe, impedindo que Dilma seja candidata.    (BN)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.