Líder do BDM no Subúrbio de Salvador morre em operação da PF, PM e PC

    Apontado como um dos líderes da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM) no Subúrbio Ferroviário de Salvador, Ednelson Nascimento da Conceição, conhecido como Mágico, morreu após trocar tiros com policiais na madrugada desta sexta-feira (27) em Jauá, no município de Camaçari.
    De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Mágico estava foragido e integrava o Baralho do Crime. O Mágico, apelido que surgiu diante da facilidade de sumir dentro do Parque São Bartolomeu, tem envolvimento direto em pelo penos 30 assassinatos, entre eles o do soldado PM Leonildo Santana dos Santos, no ano de 2012.
    O traficante foi localizado durante a megaoperação Abracadabra, que reúne forças das polícias Federal, Civil e Militar.
    A força-tarefa tentava cumprir mandados de busca e apreensão quando foi recebida a tiros por Ednelson. Os policiais reagiram e ele acabou atingido, foi socorrido para o hospital Menandro de Faria, mas não resistiu.
    Com ele, foram apreendidas uma pistola calibre 380, carregador, munições e uma certa quantidade de maconha.
    Participaram da megaoperação Abracadabra equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da Coordenação de Operações Especiais (COE), do Batalhão de Choque, da Superintendência de Inteligência da SSP, do Grupamento Aéreo (Graer), do Comando de Policiamento Regional BTS, da Rondesp BTS e da Polícia Federal.
    De acordo com a SSP-BA, o policiamento, na região do Parque São Bartolomeu, Boiadeiro e adjacências foi reforçado e permanecerá por tempo indeterminado.

    *Bocão News

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.