Parte da lista suja, Odebrecht recebeu R$ 5,3 bilhões da Petrobras

Presente na lista suja da Petrobras e impedida de firmar novos contratos com o Estado, a Odebrecht recebeu R$ 5,337 bilhões da estatal de janeiro de 2015 a junho de 2018. O valor faz referência a contratos fechados antes do bloqueio imposto pela estatal, em dezembro de 2014.
Na época, Graça Foster, a então presidente da Petrobras, decidiu proibir novos contratos com as 23 empresas investigadas, mas manteve vigentes os contratos já assinados.
O valor recebido pela empresa após a Lava Jato é o dobro do montante pago antes da operação. Treze contratos foram continuaram vigentes no período da lista suja.
*M1

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.