Quatro décadas após censura, Chico e Gil cantam 'Cálice', juntos, em apoio a Lula


    Chico Buarque e Gilberto Gil resgataram no sábado  (29), no Rio de Janeiro, a apresentação censurada em 1973, em plena ditadura  militar, quando foram impedidos de cantar "Cálice" no Phono 73, festival realizado no bairro do Anhembi, em São Paulo. 
    O reencontro do carioca com o cantor baiano ocorreu em um palco montado em frente aos Arcos da Lapa, cartão postal no centro do Rio de Janeiro, por ocasião do Festival Lula Livre, que pede a libertação do petista. Preso em 7 de abril, Lula cumpre pena de mais de 12 anos de prisão, em Curitiba, em decorrência da Operação Lava Jato.
    Segundos os organizadores do evento, mais de 60 mil pessoas compareceram á area do ato, que teve início às 14h deste sábado (28). Diversos expoentes da cultura nacional, como os próprios Chico e Gil, além de políticos de partidos diversos, ativistas políticos e movimentos sociais se concentraram no bairro boêmio para pedir a soltura do ex-presidente.   Por: Mídia Ninja

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.