Após gol, Léo Ceará chora emocionado e revela que pensou em abandonar o futebol


Foram dois anos de empréstimos a vários clubes, o último deles o Confiança. Lá, Léo Ceará foi artilheiro e destaque do time sergipano na Série C do Brasileirão 2018.
Ao final do contrato de empréstimo, o atacante voltou ao Vitória sem saber qual seria seu futuro. Mas, encontrou no comando da equipe Paulo Cézar Carpegiani.
Bastou um coletivo para o técnico pedir a permanência do jogador e escalá-lo de titular. No primeiro jogo, apesar da derrota para o Flamengo, foi elogiado pela torcida.
Neste domingo (26), na sua segunda partida, o atleta fez história. O centroavante de 23 anos marcou o gol do triunfo sobre o Atlético-MG, que encerrou o jejum de cinco jogos sem vitórias e tirou o Leão da zona de rebaixamento.
Após o duelo, no Barradão, Léo Ceará não se conteve e chorou emocionado. O atacante revelou ter pensado em abandonar o futebol por não ter recebido chances no Vitória antes. "É muito difícil. Depois de dois anos desacreditado. Em algum momento passou pela minha cabeça desistir. Ano passado, quando retornei de um empréstimo cheguei a ser proibido de treinar no clube. Fui impedido de pegar o material para treinar. Não vou citar nomes, mas foi outra diretoria. quase toda noite eu chorava, perguntava a Deus porque aquilo estava acontecendo comigo. Sempre pedi a Deus forças. Depois de dois anos pude voltar para minha casa", disse. 
O jogador, revelado na Toca também celebrou sua participação decisiva. "O gol de hoje, com certeza, foi Deus que estava ali comigo e me abençoou. Pude ajudar a equipe com um gol e sair daqui com a vitória", completou. 

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.