Bahia tem cinco cidades com mais eleitores do que habitantes; diferença chega a 3.213 pessoas


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou que em 308 cidades do Brasil o número de eleitores é maior que o de habitantes, considerando a estimativa populacional divulgada pelo órgão nesta semana. Em todo o país, estão aptos para votar 146,8 milhões de eleitores, o que corresponde a 70,4% da população brasileira, de 208,5 milhões.
Na Bahia, cinco cidades possuem mais eleitores do que habitantes. Maetinga, na região sudoeste do estado, aparece na lista com a maior diferença entre eleitorado e população. Segundo o Tribunal Regional da Bahia (TRE-BA), a cidade possui 6.790 eleitores aptos para votar, no entanto, segundo última estimativa divulgada pelo IBGE, a cidade possui 3.577 habitantes, ou seja, a diferença é de 3.213 pessoas.
Já em Serra Preta, a cerca de 150 quilômetros de Salvador, a diferença entre eleitores e habitantes é de 1.886. O eleitorado da cidade é formado por 16.950 pessoas, enquanto a população é de 15.064.
Potiraguá, no sul da Bahia, aparece em terceiro lugar no estado. A cidade possui 8.827 eleitores. Já a população é de 7.549 - diferença de 1.278. 
Outra cidade com mais eleitores do que habitantes é Ribeirão do Largo, no sudoeste da Bahia, que tem eleitorado de 7.560 pessoas, enquanto a população não passa de 6.304, ou seja, a diferença é de 1.256 pessoas. 
Completa a lista o município de Lajedão, a cerca de 550 quilômetros da capital baiana. Por lá, a diferença é de 887 pessoas, já que o eleitorado é composto por 4.821 eleitores, enquanto a população não passa de 3.934. Agência Brasil

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.