Deputados desistem da reeleição e abrem espaço a parentes


Um levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) já identificou que parte dos políticos que desistiram de disputar a reeleição para a Câmara e o Senado em outubro registrou seus parentes para substituí-los nas urnas. As informações foram divulgadas pela Coluna do Estadão, do jornal O Estado de São Paulo.
“A renovação vai se dar pela entrada de parentes, celebridades, evangélicos ou policiais linha-dura”, diz o presidente do Diap, órgão que há décadas acompanha a movimentação no Congresso, Antonio Augusto de Queiroz. Segundo ele, o eleitor que apostar na renovação de fato sairá frustrado.
Ainda segundo a coluna, o levantamento do Diap identificou que 10% dos deputados não vão disputar a reeleição. Parte dará lugar aos parentes, outra vai concorrer a novo cargo e há os que desistiram.
No Rio Grande do Norte, dois deputados federais abriram mão de tentar a reeleição: Felipe Maia (DEM) dará lugar ao pai, o senador Agripino Maia (DEM). Zenaide Maia (PHS) apoiará o irmão para a Câmara e vai concorrer ao Senado. No Ceará, o deputado federal Macedão (PP) desistiu da reeleição e vai apoiar a mulher, Poliana Macedão. Por: Agência Câmara

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.