Garoto de 3 anos espancado pela mãe e padrasto em Porto Seguro, na Bahia, tem morte cerebral

O garoto de 3 anos que foi espancado pela mãe e pelo padrasto, na cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia, teve morte cerebral, segundo informações divulgadas neste domingo (5) pela Polícia Civil. Não há detalhes sobre o sepultamento da criança.
De acordo com o delegado Marcelo Paiva, que investiga o caso, a morte foi confirmada na sexta-feira (3), após testes realizados no Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. O menino ficou internado na unidade de saúde, em estado grave, por cinco dias.
Os suspeitos, identificados como Jamile Jesus dos Santos e Anderson Avelino dos Santos, confessaram as agressões em depoimento. Segundo o delegado, a mãe da criança disse que teria espancado o menino após ele pegar biscoitos escondido.
Segundo o delegado, a mulher contou que a surra seria para educar o garoto. O menino foi agredido com um cipó, levou socos na cabeça e teve queimaduras nas mãos.
O casal teve prisão preventiva decretada e segue detido no sul do estado. O homem foi transferido para o Conjunto Penal de Eunápolis, também no sul do estado. Já a mulher, está custodiada na Delegacia de Porto Seguro. Ela deve ser transferida para um presídio nos próximos dias.

Caso

Mãe do menino, Jamile Jesus dos Santos segue presa na Delegacia de Porto Seguro (Foto: TV Bahia)Mãe do menino, Jamile Jesus dos Santos segue presa na Delegacia de Porto Seguro (Foto: TV Bahia)
Mãe do menino, Jamile Jesus dos Santos segue presa na Delegacia de Porto Seguro (Foto: TV Bahia)
O garoto foi espancado no bairro Mercado do Povo, onde morava com a mãe e o padrasto. Após a agressão, ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) pelo casal, que foi preso logo em seguida. O crime ocorreu na noite do último domingo (29).
De acordo com a polícia, a médica que atendeu a criança na UPA disse que o garoto chegou à unidade com marcas de espancamento, queimaduras nas mãos e múltiplas escoriações no corpo. No local, o menino foi diagnosticado com traumatismo craniano. Em seguida, ele foi levado para o hospital.
De acordo com o Conselho Tutelar, o pai da criança, que não teve a identidade divulgada, foi localizado e esteve em Porto Seguro. Ele é pai de outros quatro dos seis filhos de Jamile Santos. As crianças vão morar com o pai em Ubaitada, também no sul da Bahia, informou o Conselho. As outras crianças devem ser cuidadas por outros familiares.  (G1)

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.