Lava Jato no RJ prende dono de banco ligado a esquema de Cabral


    Um nova ação, a operação Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu, nesta sexta-feira (3), o banqueiro Eduardo Plass, dono do TAG Bank e sócio da corretora Opus Participações. Além dele, outras duas pessoas estão com mandado de prisão expedido pela Justiça.
    De acordo com o site G1, o banqueiro mora em Londres, mas estava de passagem pelo Rio, fato que alertou as autoridades. O TAG Bank é relacionado ao esquema de corrupção que uniu o ex-governador do Rio Sérgio Cabral e o empresário Eike Batista.
    As investigações mostram que uma conta no TAG Bank foi usada para o pagamento de 16 milhões de dólares (R$ 60 milhões) ao empresário Eike Batista, transferência que já foi alvo da Operação Eficiência. Plass também é sócio do empresário que vendeu a cobertura em que mora o ex-secretário de Saúde Sérgio Cortes. O banqueiro já foi levado coercitivamente para depor em 2016, na Operação Calicute.
    Por: Rafael Jacinto/Valor/Reprodução

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.