Pfem baleada na cabeça dentro de CIPM tem suspeita de morte encefálica




policial militar feminina que foi baleada na cabeça, na tarde desta quinta-feira (9), no bairro de Pau da Lima, em Salvador, tem suspeita de morte encefálica. Segundo o Coronel Anildo, foi aberto o protocolo de verificação de morte cerebral.
"Depois de ter sido analisado, foi aberto o protocolo de verificação de morte cerebral. A lesão foi muito extensa, o quadro dela é critico, gravíssimo, temos um médico nosso conversando com um neuro lá dentro", explicou o coronel.
A policial Carina Carvalho, 40 anos, foi atingida dentro da própria unidade, na 47ª Companhia Independente de Polícia Militar. Os policiais acionaram o Grupamento Aéreo da PMBA (Graer) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas por conta da demora, os colegas, que possuem treinamento de primeiros socorros, socorreram a Pfem e a levaram para o Hospital São Rafael.
"A nossa prioridade foi prestar socorro à policial. As questões legais a gente vai agora aprofundar para ver o que efetivamente aconteceu", afirmou o coronel.  Por: Reprodução/ RecordTV Itapoan

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.