SAJ: Familiares negam versão de que jovem foi morto em confronto com a polícia na Juerana

Familiares negam informação da polícia de que jovem foi morto em troca de tiros na noite de domingo (05) na Estrada Casaca de Ferro, na Juerana em Santo Antônio de Jesus (saiba mais aqui). Em contato com a Rádio Andaiá FM na manhã desta segunda-feira (06), Lucas, primo de Erisson dos Santos Lima Ferreira, 28 anos, afirmou que o jovem não tinha passagens pela polícia. “Ele estava no lugar errado e na hora errada. Um rapaz que estava com ele no carro era procurado pela policia e ele não sabia, quando chegou neste local, o rapaz fugiu e ele foi atingido”, disse. Ele informa que a mãe do jovem está em estado de choque no hospital. A tia de prenome Rosileide garantiu que seu sobrinho era inocente e esclarece que não houve troca de tiros. “Ele trabalhava como pedreiro, era casado e pai de uma menina de 4 anos. A esposa foi passar fim de semana na casa da mãe e ele foi busca-la. A gente nem sabia que ele estava com esse pessoal”, frisou. Segundo ela, o veículo e a arma encontrada pela PM não pertence a Erisson. A prima de prenome Eliane falou que a família vai apoiar à polícia durante as investigações. “Temos certeza de que ele não tinha envolvimento com coisas erradas”, salientou. O corpo foi necropsiado nesta manhã no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus.

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.