STF antecipa julgamento contra Bolsonaro por denúncia de racismo

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), antecipou para a próxima terça-feira (28) o julgamento da Primeira Turma da Corte, que vai decidir se recebe ou não uma outra denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidenciável Jair Bolsonaro por crime de racismo. A mudança atende a um pedido da defesa do candidato do PSL ao Planalto.
Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, o julgamento estava marcado originalmente para o dia 4 de setembro.
Com a nova data, os cinco ministros da Primeira Turma — olegiado composto por Marco Aurélio, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux— decidirá se abre ou não ação penal contra Bolsonaro antes do início do horário eleitoral no rádio e na televisão. A propaganda partidária começa a ser veiculada no dia 31 de agosto.
O militar reformado é alvo de acusações de ofensas praticadas contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs.  BNews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.