Após derrota, Enderson elogia o Atlético-PR e fala sobre desgaste e aspirações do Bahia na Série A


O Bahia amargou mais uma derrota longe de Salvador. O tricolor foi até Curitiba e saiu derrotado pelo Atlético-PR pelo placar de 2 a 0, na Arena da Baixada. Após o duelo, o técnico Enderson Moreira fez uma análise da atuação da sua equipe e ressaltou a qualidade do adversário, além de falar sobre o desgaste da sua equipe.
“Eu acho que a gente tem que enaltecer o jogo que o Atlético fez. É uma equipe muito bem montada, tem ideias que criam muitas dificuldades. A gente tentou ajustar, no segundo tempo eu acho até que a gente sofreu menos, mas sofremos os dois gols. Duas lesões no intervalo que nos tiram muitas possibilidades de poder fazer outro tipo de ajuste e o Atlético teve um ótimo jogo. Uma equipe que está muito inteira em termos físicos, a gente está indo para o décimo jogo seguido jogando toda quarta e domingo, não é desculpa, mas a gente não tem tido tempo de poder preparar. Mas o Atlético foi extremamente competente e mereceu o resultado pela partida que fez”, afirmou.
Ao ser questionado sobre qual seria a aspiração do Bahia na Série A do Brasileirão, Enderson afirmou que os cenários podem ser modificados a cada partida.
“Quando a gente vence, todo mundo coloca que a projeção é uma, quando tem uma derrota, a projeção é outra. Pouco tempo atrás, o Atlético talvez tivesse um outro tipo de projeção, ele pode agora, numa sequência de bons resultados, buscar uma outra alternativa. Então é difícil falar. Tem equipes que estão lá em cima que estão começando a ficar em baixa. Então, é muito cedo ainda para fazer algum tipo de prognóstico, dentro daquilo que a gente tem visto, que é a sequência de jogos. Tem muitas equipes que estão lá na frente que tem Libertadores, Copa do Brasil, então muita coisa pode ser modificado ainda nessa reta final”, disse.
Por fim, o comandante do Esquadrão respondeu sobre o que sua equipe precisa corrigir para conseguir voltar a vencer fora de casa.
“A gente tem que tentar neutralizar as ações adversário e conseguir ter extrema eficiência. Embora, após a Copa, são seis jogos fora de casa, nós empatamos três, perdemos o segundo agora e vencemos um. Não é um aproveitamento terrível assim. Anterior a isso, talvez sim, a gente não teve nenhum ponto conquistado. Mas agora, nos últimos seis jogos, a gente conseguiu pontuar fora de casa que é sempre muito difícil. Mas agora é nos prepararmos bem para o jogo contra o Sport”, finalizou.  Galáticos Online

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.