Brasil é criticado na ONU por não identificar autores do crime contra Marielle Franco

Entidades de direitos humanos criticaram o Brasil, no Conselho de Direitos Humanos da ONU, por não identificar, até o momento, os autores do crime contra a vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL). Também condenaram a intervenção federal no estado fluminense.
“Em sete meses, os crimes violentos não foram reduzidos e os confrontos entre organizações criminosas e a polícia aumentaram […]. Mais de 916 pessoas morreram por forças de segurança no Rio, um aumento de 49% em comparação ao mesmo período do ano passado”, afirmou o coordenador de Dados do Observatório da Intervenção, Pablo Nunes.
Sobre a morte da vereadora, Nunes disse que autoridades brasileiras “fracassaram” nas investigações. “Pedimos que o governo nos de uma resposta sobre quem matou Marielle Franco”, disse, segundo o jornal Estado de São Paulo.

*Metro1

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.