Delegado determina comissão para investigar morte violenta de policial civil


O Delegado-Geral da Polícia Civil da Bahia, Bernardinno Brito Filho, determinou criação de uma comissão para investigar as circunstâncias da morte violenta de Luiz Santos de Jesus, de 59 anos. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado, publicado neste sábado (15).
O caso aconteceu em 15 de junho de 2017. Luiz Santos era lotado na Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (Dreof). Na época, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que ele foi alvejado quando entrava em seu carro, na Rua Lima e Silva, próximo ao Largo do Tanque. 
Segundo o Diário, a comissão tem o "objetivo de que seja comprovada a possível existência de nexo de causalidade entre o exercício da atividade funcional e o referido evento, e apurado através de inquérito policial".
Ainda de acordo com a SSP, o policial chegou a ser socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urência (Samu), para o Hospital Ernesto Simões, mas não resistiu aos ferimentos. 
A motivação do crime chegou a ser investigada como latrocínio (roubo seguido de morte). Por: Henrique Brinco

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.