Inquérito policial que apura morte de Márcio Perez terá acompanhamento de dois promotores de Justiça


O inquérito policial que investiga a morte do consultor da Vivo, o espanhol Márcio Perez Santana, terá o acompanhamento de dois promotores de Justiça.
Márcio foi morto durante uma ação policial no último dia 20 no Jardim Armação, orla de Salvador.
Uma portaria publicada no Diário da Justiça desta segunda-feira (24), assinada pela procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado, designa os promotores Luciano Assis e Davi Gallo para atuarem no inquérito que tramita no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Notícias relacionadas:

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.