Investigado na Registro Espúrio, Tiago Cedraz presta depoimento na PF


O advogado Tiago Cedraz Leite Oliveira, filho do ministro Aroldo Cedraz do Tribunal de Contas da União (TCU), prestou depoimento nesta terça-feira (18) na Polícia Federal (PF) e foi liberado.
Ele é investigado na quarta fase da Operação Registro Espúrio deflagrada nesta terça-feira pela PF.
A operação, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu ao pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e apura desvios de valores da Conta Especial Emprego e Salário.
A Polícia Federal e a Procuradoria-Geral da República informaram o cumprimento de 16 mandados de busca e apreensão e 9 de prisão temporária em Brasília, Goiânia, Anápolis (GO), São Paulo e Londrina (PR).
Há investigações sobre os crimes de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, falsificação de documento público e lavagem de dinheiro.
Histórico -  Em agosto, Tiago Cedraz foi alvo da Operação Lava Jato na sua 45ª fase. Ele foi citado durante depoimento que apurava favorecimentos no esquema de corrupção da Petrobras para o MDB. Na ocasião, a defesa de Cedraz afirmou que ele apenas intermediou contatos.
A Agência Brasil, até o momento da publicação, tentou contato com o escritório Cedraz Advagados, mas não obteve retorno. Por: Agência Brasil

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.