PF procura campanha de Haddad; dois carros da PM acompanham agenda do candidato


Vice na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-prefeito Fernando Haddad afirmou que sua campanha foi procurada pela Polícia Federal para debater reforço de sua segurança ao longo do processo eleitoral.
Haddad disse que ainda não houve novo contato e que não sabe se há disponibilidade de agentes para candidatos a vice.
Ele disse ainda que cabe à polícia decidir sobre a necessidade de reforço.
Na manhã deste sábado (8), dois carros da PM acompanham a agenda do petista. Tenente Marconi, do 50º BPM, apresentou-se ao candidato afirmando que haveria temor de retaliações após ataque ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).
Haddad disse que não temia retaliação porque não tinha nada a ver com o PT.
O ex-prefeito disse ainda que insistirá no bom debate inclusive para facilitar o trabalho dos policiais.
Em Parelheiros, Haddad cumprimentou o candidato João Goulart Filho que, coincidentemente, fazia corpo a corpo na mesma praça onde Haddad discursara.
O petista perguntou se Goulart Filho estava filiado ao PDT, de Ciro Gomes.
O filho do ex-presidente João Goulart concorre ao Palácio do Planalto pelo PPL.Por: Folhapress

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.