Primo do ex-governador Beto Richa é alvo de operação da PF


    A Polícia Federal (PF) cumpre mandados judiciais na 55ª fase da Operação Lava Jato em cidades do Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo, na manhã quarta-feira (26). Um dos alvos de prisão temporária é contra o empresário Luiz Abi Antoun, ainda conforme o delegado Joel Cicotti, de Londrina, no norte do Paraná.
    A investigação mira casos de corrupção ligados aos procedimentos de concessão de rodovias federais no Paraná que fazem parte do chamado Anel da Integração. São cumpridos 73 mandados de busca e apreensão, três de prisão preventiva e 16 de prisão temporária.
    De acordo com a Polícia Federal, a partir da deflagração da primeira fase da Operação Integração, foi possível identificar a existências de núcleos específicos e organizados que atuavam de forma criminosa para explorar e obter benefícios indevidos a partir dos contratos de concessão de rodovias federais no Paraná.
    A polícia conseguiu identificar núcleos políticos compostos por autoridades do Governo do Paraná que agiam praticando atos de ofício em benefício das concessionárias e realizando influência política. Por: Divulgação
     

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment