TRE-BA tem até terça (2) para encerrar lacração de 35 mil urnas


O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) deu início, nessa quarta-feira (26), à inseminação das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas Eleições Gerais 2018, em Salvador. O trabalho nas urnas do interior começou na terça-feira (25).
O trabalho de inseminação das urnas consiste em alimentar os equipamentos com as informações sobre eleitores e candidatos. Os trabalhos de carga e lacração das urnas seguem até a próxima terça-feira (2). A Bahia possui 35.088 urnas, dessas, 5.283 são pra capital.
De acordo com o presidente do TRE, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, todo o procedimento é feito em conjunto com a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e Agência Brasileira de Inteligência
“A preocupação do TRE é a mesma de sempre, de segurança das urnas, de credibilidade. Na véspera da eleição as urnas serão encaminhadas aos seus respectivos locais de votação para que no dia  7 de outubro, elas comecem a partir das 8 da manhã a coleta dos dados”, explicou.

O procedimento foi acompanhado por juízes eleitorais, promotores de justiça, defensores públicos, integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de representantes de partidos, coligações e candidatos.
Representante da coligação do PT , a advogada Sara Mercês disse que o partido acredita totalmente na segurança da urna e na legitimidade do processo eleitoral.
"Acompanhamos desde todo o processo, desde o TSE, até aqui, pra dar mais segurança ao eleitor e dizer que pode acreditar no sistema, diante da evolução da urna, diante do trâmite onde ocorre, a gente pode dizer que ela é bastante segura. Não vejo possibilidade de haver alteração no sistema", afirmou.  Bnews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.