Aos gritos de “Bolsonaro” e "ele sim", travesti é morta a facadas durante discussão em bar


uma travesti foi morta a facadas por cerca de cinco na última terça-feira (16), no Centro de São Paulo. De acordo com o G1, testemunhas contaram que os criminosos gritavam “Bolsonaro” e “ele sim” enquanto assassinavam a vítima.
Segundo a publicação, a vítima que não teve a identidade revelada, foi esfaqueada em frente a um bar, após uma discussão com o grupo. Ao G1, uma testemunha contou que estava dormindo em seu apartamento na região quando acordou com os gritos da briga. A travesti teria conseguido andar 400 metros, até um hotel onde ela caiu.
O caso foi registrado como homicídio no 3º Distrito Policial (Campos Elíseos).  Por: Redação BNews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.