Apuração das eleições só estará disponível após as 19h


No próximo domingo (7), data em que 147,3 milhões de pessoas vão escolher seis novos representantes da política, a apuração dos votos terá início logo após o encerramento da votação, marcado para 17h. 
Quem estiver na fila dentro da zona eleitoral após o encerramento do prazo terá direito ao voto.
Mesmo com a diferença de fuso horário de duas horas do Acre em relação à Brasília, o horário de votação será o mesmo para todos os estados, das 8h às 17h.
Com a tecnologia, o resultado final das eleições locais sai em poucas horas. No caso da presidencial será mais demorado, porque no Acre a contagem dos votos iniciará às 19h (horário de Brasília), conforme explica a jornalista especializada em eleições e colunista da Folha, Eliana Passarelli. Por isso, só a partir desse horário os números do país serão divulgados pelo TSE. 
O processo da apuração dos votos tem início na urna e termina no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
Segundo o órgão, encerrada a votação o mesário fecha a urna e imprime cinco vias do boletim, que contém a identificação da seção eleitoral e da urna eletrônica, o número de eleitores que votaram na seção e o resultado por candidato e legenda.
Uma das cópias é afixada na porta da seção e é possível qualquer eleitor conferir. O cartão de memória com as informações do boletim é encaminhado ao cartório eleitoral. Lá, os dados são enviados aos TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) através de uma rede virtual privada da justiça eleitoral.
O  TSE (Tribunal Superior Eleitoral) computa os dados e publica em tempo real na internet.
O boletim de urna vem com um Qr code, que permite aos eleitores registrar o resultado de várias seções. 
Com o aplicativo “Resultados”, da justiça eleitoral brasileira, você poderá acompanhar a apuração do resultado das eleições em tempo real.
Apesar da rapidez do processo, segundo a Resolução nº 23.456/15, o TSE tem até três dias após a contagem final para divulgar o resultado das eleições no seu site. 
VOTOS NO EXTERIOR
Distrito Federal é o responsável por computar os votos dos brasileiros que moram fora do país, totalizando 520.727 pessoas. O número é 41,4% maior que o da eleição de 2014, quando 354.184 se cadastraram para votar nas eleições brasileiras.
Os dados da apuração do exterior são transmitidos da mesma forma que no Brasil.  Por: Folhapress

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.