BRT de Feira: quase dois anos em atraso, prefeito garante entrega em até seis meses


Depois de quase dois anos de atraso, o BRT - Bus Rapid Transit de Feira de Santana deve ficar pronto em até seis meses. Essa é a expectativa da gestão municipal, que, após uma decisão judicial resolver uma disputa familiar referente à última estação, deverá avançar nas obras.
“Concluída a última estação, conseguiremos adiantar. Há uma perspectiva que o BRT seja concluído nos próximos seis meses. Fizemos os túneis onde os ônibus passarão por cima e as estações que já estão prontas, na zona central da cidade, dependem agora de colocação de catracas, de finalizações que não têm demora para terminar. Estamos também negociando com as empresas de ônibus que farão o transporte rápido. Estou trabalhando muito para entregar rapidamente o BRT”, garantiu o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB). Ele lembrou que as paralisações por causa de uma invasão de manifestantes contra o BRT também contribuíram para o atraso na entrega.
Com cerca de 10 Km, o BRT de Feira de Santana foi uma opção para substituir a ideia inicial da prefeitura, que gostaria de ter implantado o VLT - Veículo Leve sobre Trilhos. “Tentamos o VLT, mas ele tem que ter picos que 60 mil passageiros e Feira não tinha esse pico, então não tivemos capacidade econômica de pleiteá-lo e buscamos o BRT”, declarou Filho. Por: Márcia Guimarães

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.