Corpo de mulher é identificado 10 dias após vítima ser achada morta na Via Regional


A pós ficar desaparecida por quase 10 dias, o corpo de Edna Luiza dos Santos, 54 anos, foi identificado pela família, em Salvador, nesta quarta-feira (16). De acordo com informações da Polícia Civil, o corpo estava no Instituto Médico Legal (IML) da capital baiana desde o dia 7 de outubro.
Segundo a polícia, a vítima foi achada morta em um trecho da Via Regional, no bairro de Sete de Abril. Policiais militares estiveram no local após denúncias e acionaram o Departamento de Polícia Técnica (DPT). A polícia acredita que a vítima tenha sido atropelada, pois não há indícios de agressão no corpo.
Edna estava sem documentos no momento em que foi encontrada. A mulher deu entrada no IML com identidade ignorada e aguardava a identificação para ser liberada. A família chegou até a mulher após fazer buscas por ela. No entanto, segundo a polícia, não havia registro de desaparecimento da vítima.
O corpo foi entregue para os familiares na quinta-feira (17). Conforme a polícia, o laudo cadavérico, que irá apontar a causa da morte, ainda não ficou pronto. O caso está sob investigação da 10ª Delegacia Territorial de Salvador (DT), em Pau da Lima. Por: Reprodução / Google Maps

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.