Elite de esquerda era maioria em protesto contra Bolsonaro em São Paulo, mostra pesquisa


A manifestação realizada contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) em São Paulo no último fim de semana foi majoritariamente composta por pessoas de esquerda (80%) e centro-esquerda (8%), revela pesquisa feita pela Universidade de São Paulo. Apenas 1% se identificou como sendo de direita e 1% como de centro. O restante disse não se identificar com nenhuma dessas declarações ou não saber responder. Foram entrevistadas 470 pessoas. 
Ainda segundo a pesquisa, 62% dos entrevistados foram mulheres. O mesmo percentual se declarou branco e 78% declarou ter entre 18 e 44 anos. 
31% afirmou ter renda familiar de cinco a 10 salários mínimos. Outros 26% afirmaram ganhar mais de 10 salários mínios. 86% dos entrevistados estavam cursando a faculdade ou já tinham diploma de nível superior. As informações são da BBC News Brasil.  

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.