Haddad promete ‘cortar privilégios’ da Previdência



O candidato à presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, reiterou na manhã desta quarta-feira (10) que pretende fazer uma reforma da Previdência, acabando com privilégios que ‘extrapolem o teto constitucional’. Em entrevista coletiva, ao lado da presidente do partido, Gleisi Hoffmann, e da deputada federal eleita Lídice da Mata (PSB-BA), o ex-ministro disse que já se reuniu com governadores para tratar do assunto.

"Os regimes próprios de previdência devem ser revistos de acordo com a situação de estados e municípios. Pretendo cortar todos os privilégios. Conversei com os governadores de estados que estão em dificuldade. Por exemplo, todos os auxílios que extrapolam o teto constitucional devem ser cortados. Mas algumas variáveis devem ser negociadas com os trabalhadores", declarou. 

Sobre a estratégia de buscar dialogar com as Forças Armadas, Haddad afirmou que já se sentou com o general Eduardo Villas Boas para falar sobre o cenário político-eleitoral. "Conversei com o general Villas-Boas. Enfatizamos que é ponto de honra garantir a soberania popular, e ele compreendeu a mensagem que transmiti. Tenho apreço e respeito pelas Forças Armadas”, disse. /BNews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.