Instituto percussivo de mulheres tem sede arrombada e equipamentos roubados


Asede do Instituto A Mulherada, no Centro Histórico de Salvador, foi alvo da ação de bandidos na madrugada desta terça-feira (23). 
Segundo Érica Figueiredo, percussionista e diretora administrativa do grupo, o imóvel foi arrombado e foram roubados microfones, cabos, mesa e caixa de som, com prejuízo estimado em R$ 10 mil.
“Sábado tivemos ensaio normal das nove ao meio dia. Saímos, trancamos tudo e guardamos os instrumentos, hoje nos deparamos com isso”, contou Figueiredo ao BNews pouco antes de prestar queixa na 1ª Delegacia Territorial, nos Barris.
“A perda maior é que não estamos ensaiando”, lamentou. O grupo de nove mulheres, que ensaiava três vezes por semana, se prepara para realizar duas apresentações nos dias 21 e 28 de novembro, na Praça Quincas Berros d’Água, no Pelourinho, dentro da programação do projeto ‘Tambores pelo fim da violência’.  BNews

 

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.