Investigação conclui que incêndio na AL-BA foi acidental


A 11ª Delegacia Territorial (DT/Tancredo Neves) finalizou a investigação sobre o incêndio ocorrido na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), no dia 28 de julho deste ano, e concluiu que foi acidental. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) descartou a hipótese de fogo ateado.
Os peritos da Coordenação de Engenharia Legal encontraram indícios de que as chamas tiveram início na instalação elétrica e apontaram um curto-circuito como causa provável do incêndio. Como o imóvel estava em reforma, a presença de materiais inflamáveis ampliou o fogo.
Servidores da Alba, funcionários da empresa que fazia a reforma e os bombeiros que atuaram no combate ao fogo foram ouvidos e reiteraram o laudo do DPT, que constatou a ausência de indícios que apontem a existência de ação criminosa.
O inquérito foi encaminhado para o Ministério Público Estadual.
Matérias relacionadas:

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.