Na estreia da propaganda de rádio, Bolsonaro e Haddad dizem que adversário traz risco ao Brasil


As campanhas de Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) estrearam no horário eleitoral de rádio com uma estratégia comum: cada candidato acusou o outro lado de ser um risco para o Brasil. Os programas foram ao ar na manhã desta sexta-feira (12).
De acordo com o G1, a propaganda de Bolsonaro ataca o Foro de São Paulo, organização política latino-americana fundada nos anos 1990 por liderenças de esquerda. 
Já a campanha de Haddad afirmou que a "democracia está em risco" e inclui áudios de Bolsonaro dizendo "vamos fuzilar a petralhada".
Ambas as campanhas trocaram ataques pela autobiografia após a primeira metade de cada programa. Bolsonaro falou sobre a reversão da vasectomia e Haddad falou sobre seu casamento de 30 anos e os dois filhos, "uma benção de Deus", segundo ele. 

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.