Oposição sofre terceira baixa na AL-BA e Tum vai para o grupo de Rui Costa


O grupo político que faz oposição ao governador Rui Costa (PT) na Bahia sofreu mais uma baixa nesse período pós-eleições. Após Carlos Geílson, deputado estadual do PSDB, e Júnior Muniz, deputado estadual eleito pelo PHS, migrarem para a base do governo petista, agora é vez do deputado eleito Tum (PSC).
De acordo com fontes do BNews, uma reunião deverá ocorrer nesta segunda-feira (15) para bater o martelo no voo "oposição-governo". A migração teria ocorrido após articulação do deputado federal Bebeto Galvão, que compôs chapa majoritária de Rui Costa na suplência do senador eleito Jaques Wagner (PT).
Novato na Assembleia Legislativa da Bahia, Tum obteve 40.632 mil votos e preencheu a última das três vagas conquistas pela coligação PSC/PTB/PPL. As outras duas ficaram com Laerte do Vando (PSC), filho do ex-deputado Vando, e com Marco Prisco (PSC).
Na coligação do social-cristão, ficaram de fora os deputados correligionários Hildécio Meirelles e Sidelvan Nóbrega, que não conseguiram a reeleição.  Por: Aparecido Silva

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.