Transexual é espancada por homens pró-Bolsonaro no Rio de Janeiro


Uma transexual foi agredida por quatro homens na cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. O caso ocorreu na manhã do último sábado (6) e foi registrado na delegacia como lesão corporal por homofobia.
De acordo com o jornal 'Extra', a técnica de enfermagem Julyanna Barbosa, de 41 anos, contou que voltava de uma boate, quando foi abordada por quatro homens.
"Estava subindo a passarela, quando eles começaram a me ofender: 'Olha o tamanho do viado! Bolsonaro tem que ganhar para tirar esses lixos da rua. Deve estar com Aids'. Eu perguntei quem tinha dito aquilo. Foi quando um deles pegou uma barra de ferro e acertou minha cabeça. Caí e os quatro vieram para cima", declarou Julyanna, que está com hematomas por todo o corpo.
Ela ainda afirmou que conseguiu se levantar e fugir do grupo. Quando chegou em casa, seus irmãos a socorreram para a UPA de Queimados. Julyanna levou dez pontos na cabeça. Por: Reprodução/Whatsapp

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.