Trindade ataca Neto: "Fale das malas de Geddel e Aécio"


O vereador José Trindade (Podemos) ironizou as declarações do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), a delação premiada do ex-ministro Antônio Palocci. “ACM Neto falando contra a corrupção é a piada do século. Só que uma piada de mau gosto, repleta de cinismo, Ele não tem moral para criticar ninguém”, vociferou o edil, que é aliado do governador Rui Costa (PT).
 
Em uma série de posts no Twitter, Neto atacou durante o PT.  "A delação de Palocci é estarrecedora e só reforça o que já sabíamos. Ele, que foi um dos principais coordenadores das duas campanhas de Dilma, reconheceu e confessou que ela gastou 600 milhões na primeira campanha e 800 milhões na segunda. [...] Nada pode justificar um absurdo desse. Independentemente do resultado dessa eleição, a gente não pode permitir que o PT volte ao poder", escreveu o carlista.
 
"Afinal, essa gravíssima crise econômica, social, moral e política que a gente vive foi ocasionada pelo PT. O partido do Petrolão é o PT. O partido do mensalão é o PT. O partido que permitiu que a corrupção dominasse o poder público no Brasil foi o PT. Se alguém ainda tinha dúvida, depois da delação do ex-ministro Palocci, não há mais o que se questionar. Está claro o tamanho do assalto que o PT fez aos cofres públicos e ao bolso do cidadão brasileiro", completou Neto.
 
Trindade atacou o gestor soteropolitano relembrando os escândalos do MDB - do qual o DEM foi aliado. “ACM Neto, fale das malas achadas na casa de Geddel, motivo de vergonha para os baianos. Fale das malas de Aécio Neves, fale de toda a corrupção do governo Temer. Neto apoia e pediu voto para todos eles. Ele tem de explicar também as obras da Barra, que custaram quase R$ 5 milhões a mais, segundo o delator”. BNews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.