TSE nega pedido de Bolsonaro sobre propaganda de Haddad


O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Sérgio Banhos, negou o pedido de Jair Bolsonaro (PSL) sobre a propaganda de Fernando Haddad (PT) que cita reportagem da Folha sobre suposta compra de mensagens no WhatsApp. Segundo O Antagonista, o candidato queria direito de resposta e pediu que a propaganda fosse retirar do ar.
Ainda de acordo com a publicação, o ministro considerou que a propaganda do petista “está situada dentro dos limites referentes aos direitos à livre manifestação do pensamento e à liberdade de expressão e informação”.  BNews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.