Caso Michel Sá: suspeito de matar assessor da Prodeb é preso em Santa Catarina


homem suspeito de matar o ex-assessor parlamentar Michel Sá, de 34 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (19), na cidade de Pomerode, em Santa Catarina. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Gabriel Bispo dos Santos foi encontrado em uma ação conjunta com a Superintendência de Inteligência da SSP e Polícia Civil de Santa Catarina.
Ainda segundo a SSP-BA, delegados e investigadores do DCCP estão formalizando o cumprimento do mandado de prisão, em Santa Catarina, e em seguida realizarão a transferência de Gabriel para Salvador.
O Crime
Michel foi assassinado após ser torturado, no dia 16 de agosto deste ano. O corpo foi encontrado atrás do Shopping Paralela, em Salvador, no dia seguinte. Michel Batista de Sá tinha 35 anos, era casado e deixou um filho de nove meses.
Ele era assessor da Diretoria de Relacionamento e Atendimento da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb).
Segundo a polícia, o crime ocorreu durante a negociação da venda de um carro, que pertencia a Michel. O veículo seria vendido por R$ 73 mil. Depois do assassinato, o automóvel sumiu e só apareceu no sábado (18).  Gabriel tinha um suposto interesse em comprar o carro, que foi anunciado em um site de vendas. Ele chegou a negociar com Michel, mas a transação não foi finalizada.
O motivo seria uma suposta transferência feita pelo jovem que não caiu na conta de Michel.
Notícias relacionadas:
Por: Divulgação/SSP-BA

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.