Central: acusado de matar sindicalista é preso em ação conjunta da polícia


A polícia cumpriu, nesta quarta-feira (21), o mandado de prisão contra Leandro Ferreira Rocha, 32 anos. Ele é acusado de assassinar Aroldo Pereira de Souza, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Central, município a 510 quilômetros de Salvador. 
O crime aconteceu no dia 8 de novembro.  O sindicalista foi alvo de uma emboscada quando chegava em sua propriedade, na zona rural do município. Aroldo foi baleado após parar a motocicleta para abrir uma porteria. 
“Ainda não sabemos a motivação do crime, mas tudo indica que Leandro foi contratado para efetuar os disparos contra o sindicalista”, contou o delegado titular da Delegacia Territorial de Central, Michael Alves. 
Ainda segundo ele, Leandro acumula passagens na polícia. “Ele já foi preso por receptação de veículo roubado e está sendo investigado por outro homicídio aqui na região”, relatou o delegado. O criminoso foi encaminhado para a DT de Central, onde segue à disposição da Justiça.

Na ação também foram apreendidos três motocicletas da marca Honda e modelos Bros, VC e Pop (uma delas utilizadas no crime), uma picape Fiat Toro - placa PLI 1618, 13 telefones celulares de pessoas ligadas ao homicida, um notebook, três câmeras fotográficas e dois pendrives. 
Leandro foi detido durante a Operação Feedback, deflagrada conjuntamente pela 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Irecê), Delegacia Territorial de Central e a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Semiárido.  Por: Divulgação/SSP-BA

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.