Operação Armistício investiga propina da Odebrecht a Romero Jucá


A Polícia Federal deflagrou a Operação Armistício na manhã desta quinta-feira (8) para investigar suposto pagamento de propina da empreiteira Odebrecht ao senador Romero Jucá (MDB-RR).
De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, o pagamento da vantagem indevida no total de R$ 4 milhões teria ocorrido em 2012, quando o Senado teria editado uma resolução que restringia a guerra fiscal nos portos brasileiros.
A PF cumpre nove mandados de busca e apreensão, sendo sete na capital de São Paulo, um em Santos e outro em Campo Limpo Paulista contra doleiros e investigados por pagar vantagem indevida. Por: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.