Petistas gritam "boa tarde, Lula" e chamam novo depoimento de "peça teatral"


Um grupo de petistas presentes na Justiça Federal de Curitiba foi ao local dar apoio ao ex-presidente Lula, que presta um novo depoimento no âmbito das investigações sobre a reforma do sítio de Atibaia nesta quarta-feira (14). Entre outras lideranças, destacam-se as presenças dos senadores Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, e Lindbergh Farias.
Os correligionários presentes gritaram em coro a frase "boa tarde, presidente Lula" e teceram críticas ao novo depoimento. "O que representa isso hoje é mais uma peça teatral. Não entendemos porque Lula tem que fazer esse depoimento. Aliás, porque ele está sendo processado. Qual é o crime que Lula cometeu?", questionou Gleisi.
A parlamentar também afirmou que a nova juíza designada pelo caso, Gabriela Hardt, é "amiga" do futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, e que os petistas já esperam uma nova condenação "sem provas". "Esse processo deveria ter sido redistribuído tecnicamente", afirma.
A audiência começou às 14h com o depoimento do pecuarista José Carlos Bumlai, também réu no processo.  Lula é réu nesta ação penal acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.  or: Reprodução/Facebook 
Assista:

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.