Protestos contra fechamento de escolas estaduais deve bloquear vias de Salvador: "Suburbana pode fechar"


O trânsito em Salvador pode ter um dos seus piores dias nesta quinta-feira (22). O motivo é que uma série de manifestações está programada, e já começou a ser realizada, contra o fechamento de escolas estaduais por causa da reorganização da rede escolar estadual promovida pela Secretaria de Educação.
Já pela manhã, alunos do Colegio Estadual Tereza Helena Mata Pires, no bairro do Alto do Cabrito, iniciaram o protesto munidos de cartazes e faixas, onde ameaçam o fechamento da Avenida Afrânio Peixoto, a Suburbana. No região da Piedade, estudantes do Centro Estadual de Educação Magalhães Neto também realizam uma manifestação.
Em contato com a reportagem do BNews, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Ruy Oliveira, confirmou outros atos ao longo dia. Segundo ele, estão programados protestos também no Dique do Tororó, por alunos do Colégio Estadual Vitor Soares, e outro na Suburbana, por estudantes do  Colégio Estadual Professor Felipe Busquet Anglada. "A Suburbana pode ser fechada ainda hoje", afirmou.
Estudantes do Colégio Estadual Cidade de Curitiba, no Engenho Velho de Brotas, também procuraram a reportagem para confirmar uma manifestação, às 18h, na Avenida Vasco da Gama, que deve causar transtornos na volta para casa dos soteropolitanos.
Em meio aos atos contra a reorganização da rede escolar,  Rui Costa demonstrou insatisfação pelo modelo aplicado, que deverá ser interrompido, tendo outro apresentado na próxima semana, que terá acompanhamento mais próximo do governador.  BNews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.